Ir para o conteúdo

My network

Feed RSS

Ai meu DEUS! Vou fazer o processo Seletivo. E agora?

Ninguém está seguindo este artigo ainda.

 

M)Mensagem da professora Nady (História): "Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderiamos ganhar, por simples medo de arriscar". (Willian Shakespeare)

 

Olá Galera! Esta comunidade foi criada pensando em vocês, meus alunos, que irão prestar o processo seletivo do SESI - SENAI. Aqui encontrarão informações, dicas, vídeos para ajudar nesta etapa tão difícil. Podem perguntar, sugestionar, formar grupos de estudos on line! Fiquem a vontade.....Afinal, só estou aqui para ajudar. Beijos, chocolates, pirulitos e todos os doces para tornar este ano e os próximos mais ADOCICADOS!

 

 

 

Se procurar bem, você acaba encontrando. Não a explicação (duvidosa) da vida, mas a poesia (inexplicável) da vida.

 

Carlos Drummond de Andrade

 

 

 

Agradecimentos a equipe do tecciencia.

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. 6 visualizações

Venho através de este post agradecer e parabenizar a equipe do tecciencia pelo reconhecimento e a premiação 2012 que foi muito linda. 

          E Quero falar também sobre a importância que esta ferramenta genial tem sobre minha vida e de outras pessoas que tem acesso ao tecciencia. O tecciencia é um ambiente com características de uma rede social, mas com um grande diferencial, ele não lida com assuntos alheios e sim com conteúdos de extrema qualidade ligados sempre a área de educação, assim incentivando cada vez mais os usuários a estudar e ter outra visão sobre a internet. E disso nasce uma grande e positiva influencia, que é mostrar a importância de quanto é bom e divertido estudar. 

         "Obrigada por vocês terem elaborado isso que é o tecciencia, pois a cada dia que passa ele me ajuda com coisas importantes e dizer que estou muito feliz por ter ganhado um devido reconhecimento pelo meu comprometimento em utilizar o espaço.     Muito obrigada de verdade!"

 



fim de ano pessoal !!!

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. Uma visualização



História e Cultura em debate!

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. 4 visualizações

Galera do 9º ano! Vamos dar início a mais um debate Show!

O tema desta vez será sobre: Era do populismo e Crise do Populismo.

Instruções;

  • A cada dois dias a pergunta modificará, portanto, prestem atenção, ao tempo.;
  • A resposta só poderá ser postada até às 23h:50min do dia marcado;
  • Para responder insira no título o número da questão. Ex: TÍTULO: Pergunta 1;
  • Prestem a MÁXIMA atenção  a PERGUNTA;
  • Cada aluno só poderá postar apenas 1 (Hum) comentário;
  • Bom desempenho!

 

Getúlio Vargas, foi um dos  políticos mais controvertidos e polêmicos da história republicana. A partir do comentário, responda:

PERGUNTA 1. Caracterize o pupulismo de Vargas.

OBS: Esta questão deverá ser respondida até o dia 25-10-12 (turma A e B e C) 

PERGUNTA 2. Explique sobre a função da política trabalhista.

OBS: Esta questão deverá ser respondida até o dia 27-10-12 (turma A e B e C) 

PERGUNTA 3. O que defendiam os nacionalistas e os "entreguistas" por ocasião da nacionalização do petróleo brasileiro, no Governo Vargas? Qual foi o resultado desta disputa?

OBS: Existem nesta questão 2 perguntas, portanto, serão duas respostas.

OBS: Esta questão deverá ser respondida até o dia 30-10-12 (turma A e B e C)

 

PERGUNTA 4. Assista o vídeo intitulado "Getúlio Vargas, volta ao poder e morte" e responda analisando as seguintes questões:

a) Porque Getúlio era chamado de "Pai dos Pobres"? Este apelido, para você, é verdadeiro? Justifique.

b) No vídeo, mostra uma imagem de Getúlio com as mãos cheias do "Ouro Negro". Onde ele estava neste momento?

c) Qual o significado da frase: "Agora vos ofereço a minha morte. nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade".

 

OBS: Existem nesta questão 3 perguntas, portanto, serão três respostas.

OBS: Esta questão deverá ser respondida até o dia 03-11-12 (turma A e B e C)

 

 

PERGUNTA 5

DE JUSCELINO AO GOLPE DE 64

questão 5.1

Observe a imagem acima e responda?

a) Por que Juscelino Kubitschek queria criar um projeto para uma nova capital do Brasil?

b) Por que a planta piloto da cidade de Brasília tem o formato de um avião?

Questão 5.2

Observe a imagem acima e responda:

a) Qual a importância da escultura chamada de "Candangos" localizada na Esplanada dos Ministérios?

 

OBS: Estas questões deverão ser respondidas até o dia 06-11-12 (turma A e B e C)

 

PERGUNTA 6

Assista o vídeo abaixo com atenção.

 

Leia o trecho abaixo e responda:

"A primeira residência oficial do presidente Juscelino Kubitschek em Brasília é um prédio simples, sem conforto, feito de madeira. Projetado por Oscar Niemeyer e construído em 10 dias, seu nome é uma referência ao Palácio do Catete, residência do presidente no Rio de Janeiro. Brasília já está praticamente pronta e essa será a última noite em que o presidente dormirá no Catetinho. Sebastião, velho mordomo que acompanha Kubitschek desde o Rio de Janeiro, e Nascimento, jovem mordomo que assumirá o cargo na nova capital, trabalham juntos para deixar tudo arrumado. Mas as diferenças entre os dois mordomos são muitas. Sebastião acha que a capital jamais deveria ter saído do Rio de Janeiro. Nascimento não vê a hora de Brasília estar ocupada e funcionando a pleno vapor. A arquitetura de Brasília também é motivo de discordância entre os dois. Nascimento é um entusiasta do futurismo da nova capital. Sebastião prefere os prédios neoclássicos do Rio de Janeiro. Apesar das diferenças e da insistência do jovem Nascimento em não seguir as orientações do velho Sebastião, os dois têm pressa: o presidente JK vai chegar a qualquer momento." (trecho retirado do Youtube.com)

a) Qual a importância de Oscar Niemeyer?

b) Qual era o lema do governo de Juscelino?

c) O que foi o Plano de Metas e quais as suas principais realizações?



Ditadura Militar.

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. 34 visualizações

Olá galera do 9º ano! Nesta unidade vamos discutir o que foi a Ditadura Militar e suas consequências. Leiam com atenção o texto abaixo e reflita. Em breve, responderemos questões sobre este assunto. Um super beijo, Pró Nady Jataraiba.

Ditadura Militar no Brasil - 1964 - 1985

O Regime militar foi o período da política brasileira em que militares conduziram o país. Essa época ficou marcada na história do Brasil através da prática de vários Atos Institucionais que colocavam em prática a censura, a perseguição política, a supressão de direitos constitucionais, a falta total de democracia e a repressão àqueles que eram contrários ao regime militar.

A Ditadura militar no Brasil teve seu início com o golpe militar de 31 de março de 1964, resultando no afastamento do Presidente da República, João Goulart, e tomando o poder o Marechal Castelo Branco. Este golpe de estado, caracterizado por personagens afinados como uma revolução instituiu no país uma ditadura militar, que durou até a eleição de Tancredo Neves em 1985. Os militares na época justificaram o golpe, sob a alegação de que havia uma ameaça comunista no país.

Os presidentes do Brasil na época da Ditadura Militar foram:

Humberto Alencar Castelo Branco (1964-1967)

Um dos principais arquitetores do Golpe Militar de 1964. Castelo Branco tornou-se o primeiro presidente do Regime Militar.

Em seu governo Castelo Branco declarou ilegais todos os movimentos contrários a revolução de Março. Através do SNI (Serviço Nacional de Informações), as pessoas suspeitas de envolvimento com os movimentos de esquerda foram presas e torturadas pelo governo.

O maior desafio de Castelo Branco como presidente foi combater a inflação. Para isso ele criou medidas econômicas de efeito impopular.

Artur da Costa e Silva (1967-1969)

Eleito em 3 de Outubro de 1966, através do voto indireto, Artur da Costa e Silva tomou posse da Presidência da Republica em 15 de Março de 1967. Em seu governo foi promulgada uma nova Constituição Brasileira.

Durante o governo Costa e Silva as manifestações contrárias a ditadura cresceram. Em resposta o governo criou o Ato Adicional N5 que cassou inúmeros mandatos de políticos contrários a ditadura.

Artur da Costa e Silva exerceu somente meio período de seu mandato. Por estar doente, ele foi afastado do governo. Com a ausência do presidente, o governo foi entregue a uma junta militar.

Em Dezembro de 1969 Artur da Costa e Silva venho a falecer deixando vago o cargo de presidente.

Emílio Garrastazu Médice (1969-1974)

Com a morte de Costa e Silva, a junta militar que assumiu o Governo do Brasil recusou-se a entregar a presidência para o vice do presidente falecido. Os ministros militares decidiram eleger Emílio Médice como novo Presidente do Brasil.

Foi no Governo Médice que a economia brasileira chegou ao seu maior nível, o chamado Milagre Brasileiro. Grandes obras foram realizadas como a Transamazônica e a Ponte Rio-Niterói.

Insatisfeitos com o Regime Militar os opositores do governo criaram a esquerda armada. Com a ajuda logística dos Estados Unidos o governo militar conseguiu dizimar estes movimentos.

Ernesto Geisel (1974-1979)

No Governo Ernesto Geisel iniciou-se a abertura política do Brasil que, segundo ele seria lenta e gradual. Durante o governo Geisel o crescimento econômico do Brasil já não era o mesmo, contrário a inflação que crescia mais e mais.

João Batista Figueiredo (1979-1985)

O Governo Figueiredo caracterizou-se pelo processo de redemocratização do Brasil. Foi concedido a anistia aos presos políticos e reestabelecido as eleições diretas para governadores.

João Batista Figueiredo se tornaria o ultimo presidente do regime militar. Pressionado pelas Diretas Já, a Ditadura Militar estava com os seus dias contados.

Através da Emenda Dante de Oliveira a oposição exigiu a realização de eleições diretas para o cargo de presidente.

Esta emenda não foi aprovada mas mesmo assim através do Colégio Eleitoral, foram realizadas eleições que elegeram pelo voto direto Tancredo Neves como presidente do Brasil.

Termina assim o Regime Militar, período da história brasileira onde a ordem foi mantida através de torturas e exílios.

 

Fonte: 

http://www.sohistoria.com.br/ef2/ditadura/

http://www.historiatecabrasil.com/2010/05/o-golpe-de-1964-e-o-regime-militar.html

Atividade 1
Observe a imagem acima e responda criticamente: No período da Ditadura Militar, tivemos Ordem e Progresso? Justifique
OBS: Esta questão deverá ser respondida no período de 22 a 29-10 (turma 9º ano A e B) e 24 a 31-10 (Turma 9º ano C)
 
Atividade 2
 
Observe a imagem abaixo e discorra criticamente sobre a liberdade de expressão e a censura durante a ditadura no Brasil
 
OBS: Esta questão deverá ser respondida até o dia 02/11/2012 (Turmas 9º ano A, B e C)
 
 
 
 Atividade 3.
 
Após analisarmos a música Pra não dizer que não falei das flores, de Geraldo Vandré, assista ao vídeo intitulado "Dilma encara inquisitor" juntamente com o vídeo com a música Cálice de Chico Buarque de Holanda com Milton Nascimento. Após, faça uma análise da música da mesma maneira que foi feito na sala de aula com a professora e relacione-o com a violência e repressão ocorrida na época.
 
 OBS: Esta questão deverá ser respondida até o dia 07/11/2012 (Turmas 9º ano A, B e C) até o meio dia - 12:00.
  
  
 




Segunda Guerra Mundial

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. 13 visualizações

Segunda Guerra Mundial

Por Cristiana Gomes

CAUSAS Podemos dizer que uma das principais causas da Segunda Grande Guerra foi o Tratado de Versalhes.

Esse Tratado, assinado em 1919 e que encerrou oficialmente a Primeira Grande Guerra, determinava que a Alemanha assumisse a responsabilidade por ter causado a Primeira Guerra e obrigava o país a pagar uma dívida aos países prejudicados, além de outras exigências como o impedimento de formar um exército reforçado e o reconhecimento da independência da Áustria. Isso é claro, trouxe revolta aos alemães, que consideraram estas obrigações uma verdadeira humilhação.

O INÍCIO DA GUERRA

Um conflito sangrento que deixou danos irreparáveis em toda a humanidade.

Uma guerra entre Aliados e as Potências do Eixo.

China, França, Grã-Bretanha, União Soviética e EUA formavam os Aliados, enquanto que Alemanha, Japão e Itália formavam as Potências do Eixo.

Estes últimos tinham governos fascistas e tinham por objetivo dominar os povos, que na opinião deles eram inferiores, e construir grandes impérios.

NOTA

Na Europa surgiram partidos políticos que pregavam a instalação de um regime autoritário. Esses partidos formavam um movimento denominado Fascismo.

Os fascistas acreditavam que a democracia era um regime fraco e incapaz de resolver a crise econômica. O país precisava de um líder com autoridade suficiente para acabar com a “bagunça” instalada, promovida por grevistas, criminosos e desocupados.

PRINCIPAIS DITADORES FASCISTAS

- Benito Mussolini: Itália. - Hitler: Alemanha (Os fascistas alemãs eram chamados de nazistas). - Franco: Espanha.

PRINCIPAIS IDÉIAS FASCISTAS - Anticomunismo - Antiliberalismo (os fascistas defendiam um regime ditatorial) - Totalitarismo (o indivíduo deve obedecer ao Estado) - Militarismo e Culto à violência (a guerra era considerada a atividade mais nobre do homem). - Nacionalismo xenófobo (xenofobia: ódio a tudo que é estrangeiro) - Racismo

Na Alemanha, Hitler queria formar uma “raça ariana”, ou seja, uma raça superior a todas as outras.

O início da guerra se deu quando Hitler invadiu a Polônia em setembro de 1939.

A razão desta invasão foi o fato da Polônia ter conseguido (através do Tratado de Versalhes) a posse do porto de Dantzig. Hitler não queria isso, ele queria que Dantzig fosse incorporada à Alemanha.

Nos primeiros anos da guerra, as Potências do Eixo levaram vantagem.

A Alemanha tomou a Polônia, Bélgica, Noruega, Dinamarca e Holanda.

Em 1940 a França se rendeu e em seguida foi a vez da Romênia, Grécia e Iugoslávia.

A Inglaterra foi bombardeada, porém resistiu.

Hungria, Bulgária e Romênia se uniram às Forças do Eixo.

Em 1941, o Japão atacou Pearl Harbor e partia para dominar a Ásia. Dias depois Hitler declarava guerra aos EUA.

A entrada dos americanos na guerra reforçou o lado dos Aliados, pois os EUA possuíam uma variedade de recursos bélicos.

Hitler já se achava vencedor, quando as coisas começaram a mudar.

O líder nazista achava que a URSS ainda era um país atrasado e cheio de analfabetos, ele não tinha idéia que o país havia crescido e se tornado uma grande potência.

Ao ordenar o ataque à URSS, os nazistas se depararam com uma grande muralha ofensiva e pela 1ª vez se sentiram acuados.

AS PERDAS NAZISTAS E O FIM DA GUERRA

O final da guerra começou quando Hitler deslocou suas tropas em direção ao Cáucaso, fonte de petróleo da URSS, pois foi nessa região que aconteceu a Batalha de Stalingrado (entre setembro de 1942 e fevereiro de 1943), que deixou mais de um milhão de nazistas mortos. A Batalha de Stalingrado é considerada a maior derrota alemã na guerra.

O Exército Vermelho Soviético foi vencendo e empurrando os nazistas de volta à Alemanha, como vingança os nazistas queimavam e matavam tudo que viam pela frente.

A tentativa de ocupar Stalingrado foi frustrada e o restante do exército que lutava nessa frente rendeu-se aos russos em 1943. Essa vitória trouxe novos rumos ao conflito. As Potências do Eixo perderam 2 países (Marrocos e Argélia) e em junho de 43 os Aliados conquistaram a Sicília.

Todas estas vitórias trouxeram conflitos internos entre os fascistas e estas divergências acabaram por afastar Mussolini do poder. O seu lugar foi assumido pelo Rei Vítor Emanuel que em 1943 assinou um armistício (trégua) com os Aliados e declarou guerra à Alemanha.

No dia 6 de junho de 1944 – chamado o Dia D – os aliados tomaram a Normandia e o cerco alemão sobre a França foi vencido.

Em agosto os Aliados libertaram Paris.

A alta cúpula alemã já previa a derrota, mas Hitler não aceitava esta verdade.

No mesmo ano, querendo dar fim à guerra, oficiais nazistas tentaram matar Hitler num atentado a bomba, mas falharam.

A guerra prosseguia com vários ataques dos aliados e os alemães já sentiam que o fim estava próximo.

Em abril de 45, tropas aliadas – americanas, inglesas e russas – invadiram a Alemanha.

Mussolini foi capturado ao tentar fugir para a Suíça. Ele foi condenado ao fuzilamento. Sua morte se deu no dia 28 de abril de 1945, 2 dias depois Hitler se suicida e no dia 8 de maio a Alemanha se rende.

Embora a guerra tenha terminado na Europa, ela continuava no pacífico e na Ásia. O Japão sofria derrotas diante dos EUA, já que não podia competir com os armamentos norte-americanos.Os japoneses estavam quase se rendendo quando

no dia 6 de agosto de 45, os EUA jogaram uma bomba atômica em Hiroshima e 3 dias depois, foi a vez de Nagasaki ser destruída pela bomba.

O lançamento das bombas causou a rendição dos japoneses.

O HOLOCAUSTO

Os nazistas eram anti-semitas. Eles odiavam judeus e queriam eliminá-los para garantir a superioridade da raça ariana.

Os judeus foram enviados aos campos de concentração para serem mortos, que no total somavam mais de 6 milhões. O mais famoso campo de concentração foi o de Auschwitz (localizado na Polônia).

Não foram somente os judeus que foram perseguidos. Homossexuais e ciganos também sofreram perseguições e passaram fome.

O BRASIL NA GUERRA

Milhares de soldados brasileiros foram lutar na guerra. Sua participação foi modesta, já que não tínhamos um armamento igual ao dos americanos. Mas a participação dos pracinhas foi tão importante que ao voltarem para o Brasil foram considerados heróis.

CONSEQÜÊNCIAS DA GUERRA

A guerra terminou em 1945 e deixou para trás mais de 40 milhões de mortos e cidades em ruínas, fora os que ficaram mutilados, sem moradia e sem família. Os Aliados instauraram o Tribunal de Nuremberg para julgar os fascistas por crimes de guerra. Os nazistas responsáveis pela morte de judeus ou civis foram condenados à morte ou à prisão perpétua.

Logo após a guerra foi fundada a ONU (Organização das Nações Unidas), localizada em Nova York. Sempre que surge um conflito internacional, o Conselho de Segurança da ONU procura resolver o problema com diálogos e cooperação. Um dos órgãos mais importantes da ONU é a Unicef.

Após a guerra o mundo iniciava uma nova fase histórica: a de reconstrução. Os EUA e a União Soviética saíram do conflito como duas grandes potências mundiais.

Os EUA saíram da guerra como a maior potência mundial.

A URSS ficou em segundo lugar. O país teve 25 milhões de mortos e parte de suas construções sumiu do mapa.

Uma das maiores conseqüências da Segunda Guerra foi a rivalidade entre esses 2 países, rivalidade esta, que resultou na Guerra Fria.

Fonte:http://www.infoescola.com/historia/segunda-guerra-mundial/