Ir para o conteúdo

“Meninas Digitais: para além dos estereótipos (de gênero, raciais e étnicos) nas práticas sociais e educacionais”

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. 34 visualizações
Licenciado sob CC (by-nc-sa)

A educação não tem cor nem gênero para acontecer, mas, em pleno no século XXI, convivemos com os estereótipos de gênero, raciais e étnicos em nossas práticas sociais e educacionais. A mesa teve como objetivo abordar a violação de direitos humanos e suas implicações, principalmente no tocante às relações raciais e de gênero, nos meios digitais e trazer à tona a discussão sobre as influências dos estereótipos de gênero, raciais e étnicos nos ambientes educacionais e nas relações de trabalho, com foco na participação de mulheres nas ciências e com a apresentação de iniciativas de incentivo à participação de mulheres em cursos de Computação.

 

Fonte: http://www.workshopondadigital2015.ufba.br/

Convidadas: Ana Carolina Cerqueira (UFBA), Geisa Santos (Periféricas), Juliana Cunha (SaferNet Brasil), Profa. Dra. Sílvia Amélia Bim (UTFPR)

 


0 sem comentários ainda

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

meninasdigitaisBA

meninasdigitaisba

meninasdigitaisba@ufba.br