Ir para o conteúdo

Como as escolas se preparam para o Novo Ensino Médio

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. 6 visualizações
Licenciado sob Free Art
4238140

Novo Ensino Médio

Escolas das redes públicas e privadas de todo o Brasil tem o desafio de implantar o Novo Ensino Médio a partir de 2022. O modelo propõe a ampliação da carga horária de estudos e a flexibilidade curricular através de uma grade composta por disciplinas obrigatórias da formação básica geral e por itinerários formativos, que irão oferecer caminhos distintos para o aprendizado complementar dos estudantes.

As mudanças exigem preparo das instituições. O desafio mostra-se ainda maior em meio às dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19 nos últimos dois anos letivos. Por isso, tem sido necessário planejar e debater a condução dessa transição, a metodologia de ensino, a adaptação da comunidade escolar e os demais processos para a consolidação do novo modelo.

A preparação das escolas passa pelo estudo da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que estabelece as diretrizes da formação básica geral. De acordo com informações do Ministério da Educação (MEC), essa parte da grade curricular é composta pelas disciplinas obrigatórias e, também, exige o estímulo ao desenvolvimento de competências e habilidades dos estudantes como a cultura digital, a autonomia no projeto de vida, o aspecto socio emocional dentre outras.

Já os itinerários formativos podem variar conforme o sistema de ensino de cada instituição. Mas o MEC ressalta a importância de que essa definição seja realizada através do diálogo com a comunidade escolar. 

As escolas podem criar itinerários dentro de quatro áreas do saber — “Linguagens e suas tecnologias”, “Matemática e suas tecnologias”, “Ciências da natureza” e “Ciências humanas e sociais aplicadas” — e, também, da Formação Técnica Profissional (FTP). Cada aluno poderá escolher quais desses itinerários irá seguir para aprofundar os conhecimentos que mais o interessam.

Carga horária e cronograma.

O novo currículo propõe uma ampliação da carga horária de estudos para mil horas anuais. Desse total, 600 devem ser dedicadas à formação básica geral e as outras 400 para o aprofundamento do ensino complementar com os itinerários formativos. Atualmente, a grade do ensino médio corresponde há 800 horas anuais. 

A orientação do MEC é que a implantação do Novo Ensino Médio seja gradual. Em 2022, o projeto será obrigatório para os alunos do primeiro ano. Em 2023, para os matriculados nas duas primeiras séries. Já em 2024, todos os estudantes irão integrar o sistema.

Experiências do Norte ao sul.

Os debates e as experiências práticas estão sendo realizados em diferentes cidades e estados do país. Em São Paulo, o novo modelo foi implantado ainda em 2021 para 450 mil alunos da primeira série do ensino médio da rede pública, segundo dados da Secretaria Estadual de Educação (Seduc-SP). 

Em julho, mais de 376 mil desses 450 mil estudantes participaram de uma pesquisa sobre o interesse individual acerca dos itinerários formativos. Ainda segundo a Seduc-SP, no próximo ano, o projeto será estendido para os estudantes da segunda série.

Em algumas cidades do Rio Grande do Sul, como a capital Porto Alegre e o município de Santa Maria, há instituições que também anteciparam a implantação do Novo Ensino Médio. De acordo com informações divulgadas pela Secretaria Estadual da Educação (Seduc-RS), 300 escolas-piloto foram preparadas para as mudanças curriculares ainda em 2019.

Na Região Norte, a preparação também já começou. Um total de 147 escolas amazonenses, sendo 76 localizadas na capital Manaus e 71 no interior do estado, receberam o programa piloto também em 2019, conforme dados publicados pela Secretaria de Estado de Educação do Amazonas. 

No mesmo ano, dez instituições de ensino do Acre — sendo oito urbanas e duas rurais — participaram da experiência-piloto promovida pela Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE).

Imagem: https://www.freepik.com/vectors/school'>School vector created by pikisuperstar - www.freepik.com


0 sem comentários ainda

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

0 Comunidades

Esse perfil não é membro de nenhuma comunidade ainda.