Ir para o conteúdo

Boa decoração é qualidade de vida

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. 58 visualizações

Muitas pessoas acreditam que a decoração se trata apenas de deixar um ambiente mais bonito. Pelo contrário! A importância de se investir em decoração ou design de interiores excede apenas o apelo visual, mas trata-se, também, de qualidade de vida.

Se quiser saber como, continue a leitura deste post!

 

Como a decoração atua diretamente na qualidade de vida

Quando o arquiteto planeja minuciosamente cada pequeno espaço, a fim de aproveitá-lo em um imóvel, ele não está ancorado apenas na criação de algo belo.

Cada dia vez mais, na atualidade, discute-se sobre a necessidade de modernizar os espaços, tentando encontrar a melhor relação entre o design, o conforto e as necessidades do morador e segurança com ambientes blindados, até mesmo na hora de comprar móveis.

Praticidade, seja no trabalho ou em casa, é um dos maiores objetivos da modernização das decorações. Um exemplo disso é optar por cortinas rolo, ao invés de cortinado normal ou películas na janela que até diminuem o calor no interior da residência. Os benefícios que ela traz ao cômodo são imensos, a começar pela versatilidade e capacidade de controlar a incidência dos raios solares. Muitos condomínios tem aderido a estas dicas e já estão reestilizando salas, portarias, etc...

Closets para guardar suas roupas, bolsas e sapatos novos estão na moda na atualidade.

Como esse fato impacta diretamente na qualidade de vida?

Ora, uma vez que a iluminação é controlada, isso auxilia na economia de energia, não é mesmo? O mesmo se dá com a utilização de portas de vidro, pois além de favorecer  a luminosidade, também economizam um grande espaço em entradas, quartos e até banheiros.

Sabe as paredes brancas e sem graça comuns na maioria das residências?

Supere-as!   

Cômodos sofisticados pedem flores e um papel de parede especial e inspirador!

Assim, fica claro que a decoração é um elemento significativo e nada fútil!

 

A decoração influencia na produtividade?

Sim! Totalmente!

Tudo começa pela escolha do móvel. Em um escritório ou home office, por exemplo, uma escrivaninha é indispensável. Porém, não basta comprá-la: tudo em design de interiores é baseado em tamanhos e proporções e deve ser anteriormente planejado. 

Dessa forma,  é possível explorar ao máximo a capacidade produtiva!

Além disso, organização também conta como fator essencial  no modo como o seu trabalho vai render. Prateleiras, armários exclusivos e porta-canetas são uma boa maneira de fazer com que a decoração auxilie na funcionalidade do dia a dia.

Invista nisso!

 

Decoração e a sensação de conforto

A primeira impressão é a que fica, já dizia o ditado.

Isso também se aplica à decoração e a sensação de conforto que ela cria em um cômodo. Um ambiente mais aconchegante, sem dúvida, leva alguém a se sentir mais à vontade. 

Outro detalhe interessante é acertar as cores, pois já é cientificamente comprovado como elas influenciam as pessoas. Um consultório médico não tem cores frias e claras a toa, certo? Os tons neutros, pastel e azul claro são bastante utilizados para causar um efeito de relaxamento  no local, pois paredes, itens ou estofados vibrantes podem causar cansaço mental sim!

 

Conclusão

Como já dissemos, quando o assunto é decoração, não estamos nos referindo apenas à estímulos visuais. Uma decoração bem planejada é capaz de interferir em nossa qualidade de vida e comportamento. Para fecharmos nosso texto, é essencial comentar que manter um ambiente limpo transforma o cotidiano totalmente, não é?

Evitar a poeira que traz consigo agentes nocivos à saúde, investir em lavagem de sofás e carpetes e manter seu cantinho, seja pessoal ou não, bem cuidado são atitudes que fazem toda a diferença.

Esperamos que esse post tenha sido útil para você!

Até breve! 


0 sem comentários ainda

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.