Ir para o conteúdo

My network

Ditadura Militar.

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. 46 visualizações

Olá galera do 9º ano! Nesta unidade vamos discutir o que foi a Ditadura Militar e suas consequências. Leiam com atenção o texto abaixo e reflita. Em breve, responderemos questões sobre este assunto. Um super beijo, Pró Nady Jataraiba.

Ditadura Militar no Brasil - 1964 - 1985

O Regime militar foi o período da política brasileira em que militares conduziram o país. Essa época ficou marcada na história do Brasil através da prática de vários Atos Institucionais que colocavam em prática a censura, a perseguição política, a supressão de direitos constitucionais, a falta total de democracia e a repressão àqueles que eram contrários ao regime militar.

A Ditadura militar no Brasil teve seu início com o golpe militar de 31 de março de 1964, resultando no afastamento do Presidente da República, João Goulart, e tomando o poder o Marechal Castelo Branco. Este golpe de estado, caracterizado por personagens afinados como uma revolução instituiu no país uma ditadura militar, que durou até a eleição de Tancredo Neves em 1985. Os militares na época justificaram o golpe, sob a alegação de que havia uma ameaça comunista no país.

Os presidentes do Brasil na época da Ditadura Militar foram:

Humberto Alencar Castelo Branco (1964-1967)

Um dos principais arquitetores do Golpe Militar de 1964. Castelo Branco tornou-se o primeiro presidente do Regime Militar.

Em seu governo Castelo Branco declarou ilegais todos os movimentos contrários a revolução de Março. Através do SNI (Serviço Nacional de Informações), as pessoas suspeitas de envolvimento com os movimentos de esquerda foram presas e torturadas pelo governo.

O maior desafio de Castelo Branco como presidente foi combater a inflação. Para isso ele criou medidas econômicas de efeito impopular.

Artur da Costa e Silva (1967-1969)

Eleito em 3 de Outubro de 1966, através do voto indireto, Artur da Costa e Silva tomou posse da Presidência da Republica em 15 de Março de 1967. Em seu governo foi promulgada uma nova Constituição Brasileira.

Durante o governo Costa e Silva as manifestações contrárias a ditadura cresceram. Em resposta o governo criou o Ato Adicional N5 que cassou inúmeros mandatos de políticos contrários a ditadura.

Artur da Costa e Silva exerceu somente meio período de seu mandato. Por estar doente, ele foi afastado do governo. Com a ausência do presidente, o governo foi entregue a uma junta militar.

Em Dezembro de 1969 Artur da Costa e Silva venho a falecer deixando vago o cargo de presidente.

Emílio Garrastazu Médice (1969-1974)

Com a morte de Costa e Silva, a junta militar que assumiu o Governo do Brasil recusou-se a entregar a presidência para o vice do presidente falecido. Os ministros militares decidiram eleger Emílio Médice como novo Presidente do Brasil.

Foi no Governo Médice que a economia brasileira chegou ao seu maior nível, o chamado Milagre Brasileiro. Grandes obras foram realizadas como a Transamazônica e a Ponte Rio-Niterói.

Insatisfeitos com o Regime Militar os opositores do governo criaram a esquerda armada. Com a ajuda logística dos Estados Unidos o governo militar conseguiu dizimar estes movimentos.

Ernesto Geisel (1974-1979)

No Governo Ernesto Geisel iniciou-se a abertura política do Brasil que, segundo ele seria lenta e gradual. Durante o governo Geisel o crescimento econômico do Brasil já não era o mesmo, contrário a inflação que crescia mais e mais.

João Batista Figueiredo (1979-1985)

O Governo Figueiredo caracterizou-se pelo processo de redemocratização do Brasil. Foi concedido a anistia aos presos políticos e reestabelecido as eleições diretas para governadores.

João Batista Figueiredo se tornaria o ultimo presidente do regime militar. Pressionado pelas Diretas Já, a Ditadura Militar estava com os seus dias contados.

Através da Emenda Dante de Oliveira a oposição exigiu a realização de eleições diretas para o cargo de presidente.

Esta emenda não foi aprovada mas mesmo assim através do Colégio Eleitoral, foram realizadas eleições que elegeram pelo voto direto Tancredo Neves como presidente do Brasil.

Termina assim o Regime Militar, período da história brasileira onde a ordem foi mantida através de torturas e exílios.

 

Fonte: 

http://www.sohistoria.com.br/ef2/ditadura/

http://www.historiatecabrasil.com/2010/05/o-golpe-de-1964-e-o-regime-militar.html

Atividade 1
Observe a imagem acima e responda criticamente: No período da Ditadura Militar, tivemos Ordem e Progresso? Justifique
OBS: Esta questão deverá ser respondida no período de 22 a 29-10 (turma 9º ano A e B) e 24 a 31-10 (Turma 9º ano C)
 
Atividade 2
 
Observe a imagem abaixo e discorra criticamente sobre a liberdade de expressão e a censura durante a ditadura no Brasil
 
OBS: Esta questão deverá ser respondida até o dia 02/11/2012 (Turmas 9º ano A, B e C)
 
 
 
 Atividade 3.
 
Após analisarmos a música Pra não dizer que não falei das flores, de Geraldo Vandré, assista ao vídeo intitulado "Dilma encara inquisitor" juntamente com o vídeo com a música Cálice de Chico Buarque de Holanda com Milton Nascimento. Após, faça uma análise da música da mesma maneira que foi feito na sala de aula com a professora e relacione-o com a violência e repressão ocorrida na época.
 
 OBS: Esta questão deverá ser respondida até o dia 07/11/2012 (Turmas 9º ano A, B e C) até o meio dia - 12:00.
  
  
 



0 sem comentários ainda

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.