Ir para o conteúdo

5 dicas para economizar nas despesas com o pet

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. 19 visualizações
Cupons

Foto: Freepik

Os gastos com os animais de estimação no Brasil passam de R$ 800 milhões ao ano

Já faz tempo que os pets deixaram de ser simples animais de estimação. Conquistando um espaço especial nos lares do Brasil, os bichinhos são considerados membros da família e significam gastos específicos no orçamento familiar. Segundo um levantamento feito pela Associação Nacional de Alimentos para Animais (Anfal Pet), os brasileiros gastam, anualmente, uma média de R$ 819 milhões com animais.

Já de acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Pet Brasil (IPB), o custo médio mensal para cuidar dos cachorros no Brasil é 104% maior do que o de gatos, por exemplo, chegando a alcançar até 44% do salário mínimo. 

Banho e tosa, alimentação, acessórios, veterinário e passeios estão na lista das despesas mais comuns com os animais. O peso no bolso tem feito muitos tutores buscarem por soluções econômicas para manter o padrão de cuidados com os pets, sem pesar no orçamento. 

Uma das formas mais práticas para alcançar economia é utilizar os cupons de desconto on-line, mas também é possível dar preferência para os banhos em casa, investir em um plano de saúde e estabelecer prioridades na hora de ir às compras.

Antes de ter um pet, considere alguns aspectos

Para quem ainda não cuida de um animal de estimação, mas está considerando a possibilidade, é importante levar alguns aspectos em consideração. Antes de mais nada, é essencial buscar por informações sobre as despesas, para ter certeza de que os gastos se encaixam no orçamento familiar. 

Além disso, os animais também demandam tempo e carinho. Considerar incluí-los na família significa abrir um momento especial no dia a dia para cuidar deles. Outro ponto que pode impactar diretamente no orçamento familiar é o caso dos tutores que planejam comprar um pet. 

A adoção é a forma mais econômica de adquirir um animal de estimação, pois, em alguns casos, o valor da compra de um bicho pode chegar a R$ 5 mil, dependendo da raça. Além disso, há diversos abrigos e instituições que doam animais das mais variadas raças e idades, já castrados e com a carteirinha de vacinação em dia, o que também pode trazer mais economia.

Busque cupons de desconto e promoções 

Alguns itens do universo pet podem apresentar um valor elevado nas lojas físicas. Por esse motivo, antes de comprar brinquedo, roupa, ração ou qualquer outro produto para o animal de estimação, é importante pesquisar. Comprar na internet oferece a possibilidade de encontrar promoções interessantes. 

Algumas lojas desse universo disponibilizam cupom de desconto para clientes novos ou para aqueles que gastam um valor mínimo. O cupom da Cobasi, por exemplo, chega a dar desconto de 15% para a primeira compra ou para quem irá comprar medicamentos veterinários. Além disso, muitos sites também fornecem frete grátis. 

No entanto, ao comprar produtos alimentícios em grande quantidade na internet, é essencial olhar a validade e saber armazenar da forma correta, para que a qualidade seja preservada.

Economize no banho

Um dos maiores gastos com animais de estimação tem relação direta com a higiene. Muitos tutores investem em banho e tosa para ter os pets sempre limpos, com as unhas cortadas e pelos aparados. No entanto, é importante repensar esse gasto para não adicionar um valor excessivo no orçamento. 

Sempre que possível, vale optar por banhos em casa, lembrando de ter atenção ao consumo da água, para não causar surpresas desagradáveis nas contas de casa. Essa mudança de hábito pode promover uma economia considerável, mas, para isso, é necessário ter tempo disponível. 

Outro ponto que pode ajudar a economizar é tentar negociar pacotes com o pet shop. Algumas empresas disponibilizam planos mensais ou bimestrais, o que ajuda a reduzir os preços unitários dos serviços. 

Considere um plano de saúde 

Gastos com a saúde dos animais de estimação são sempre uma surpresa para o bolso. Procedimentos, exames e medicamentos possuem preços elevados e, por esse motivo, contratar um plano de saúde pode ser uma boa opção. 

A cobertura do plano varia conforme o preço do serviço, mas geralmente costuma abranger atendimento emergencial, internações, terapias especializadas e algumas medicações. 

A contratação do plano de saúde é uma boa pedida, pois oferece ao tutor mais possibilidades de levar o pet ao veterinário para fazer consultas, exames de rotina e tomar as vacinas corretamente, prevenindo doenças. 

Estabeleça as prioridades e se organize 

Entrar em pet shop pode ser uma grande tentação para muitos tutores, afinal, ver algo bonito e diferente para os pets mexe com o coração de qualquer um. No entanto, é preciso definir prioridades para não gastar de forma impulsiva e gerar mais despesas mensais. 

Para ajudar nesse processo, estabelecer uma lista de compras mensais para o animal de estimação pode ser útil. Dessa forma, será mais fácil definir um planejamento financeiro para ser usado com os pets e evitar gastos desnecessários.

Além disso, criar uma reserva de emergência também pode ser importante para não ser pego de surpresa diante de qualquer imprevisto com o animal.


0 sem comentários ainda

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.