Ir para o conteúdo

Minha Rede

ANEEL

 Agência Nacional de Energia Eletrica (ANEEL) foi criada em 1996, sendo responsável pela regulação e fiscalização dos serviços de energia elétrica em todas as suas etapas. Vale a pena conhecer a ANEEL.  Clique na imagem abaixo e confira as cartilhas da ANEEL:      

 

Energia Nuclear

Ninguém está seguindo este artigo ainda. 30 visualizações

 A energia nuclear também chamada atômica, é obtida a partir da fissão (quebra) do núcleo do átomo de urânio enriquecido, liberando uma grande quantidade de energia. A energia nuclear mantém unidas as partículas do núcleo de um átomo. A divisão desse núcleo em duas partes provoca a liberação de grande quantidade de energia. Apesar da complexidade de uma usina nuclear, seu princípio de funcionamento é similar ao de uma termelétrica convencional, na qual o calor gerado pela queima de um combustível produz vapor, que aciona uma turbina, acoplada a um gerador de corrente elétrica.

    No Brasil, as usinas  nucleares em operação  são Angra 1, Angra 2 e Angra 3 (em construção) estão localizadas na Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto, que fica em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, e pertencem à Eletrobras Eletronuclear.

   Uma das aplicações mais conhecidas da energia nuclear é a geração de energia elétrica. Apesar de apresentarem algumas vantagens em relação ao outros tipos de usina, as nucleares são potencialmente muito perigosas por utilizarem materiais radioativos, que em caso de acidente podem ocasionar danos cujos efeitos podem durar séculos. Além disso, apresenta problemas relacionados ao alto custo da destinação final dos rejeitos nucleares (lixo atômico).  

  O acidente na Usina Nuclear de Chernobyl, localizada na Ucrânia, antiga União Soviética, ocorreu dia 26 de abril de 1986. Este acidente é considerado o pior acidente nuclear da história e gerou uma nuvem radioativa que atingiu a União Soviética, Europa Oriental, Escandinávia e Reino Unido.

 

Veja o vídeo sobre Usina Nuclear realizado pelo programa Fantástico da emissora Globo

 

 

 Saiba mais sobre o acidente Nuclear de Chernobyl

 

 

 

 

 

Referências:

1. MOREIRA. J. C; SENE. E de. Biomas e Formações Vegetais: Classificação e Situação Atual . In Geografia. São Paulo: Edição Scipione, 2009. p. 143 - 162.

2- Câmara de comercialização de energia elétrica. Disponível em: <http://www.ccee.org.br/portal/faces/pages_publico/onde-atuamos/fontes?_afrLoo>. Acesso em: 13/07/2014

3-Brasil Escola. Disponível em:< http://www.brasilescola.com/geografia/energia-nuclear.htm> Acesso em 12/07/2014

4-Eletrobras. Disponível em: <http://www.eletrobras.com/elb/natrilhadaenergia/energia-eletrica/main.asp?View=%7B61D475A6-BBFC-41CE-98E3-2BA4FD90DB2F%7D>. Acesso em: 12/07/2014.

5-Portal Radiologia. Disponível em <http://portaldaradiologia.com/?p=724>. Acesso em: 13/07/2014

 


Container

Ver esse defeito

Vcsabia

Vcsabia1

VEJA A ATIVIDADE ...

VEJA MAIS EM ...

Belo Monte

 A construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte encontra-se a todo vapor, já com 45 % das obras construídas. Mesmo depois de diversos questionamentos sobre os impactos socioambientais  que a construção da usina acarretaria.  Atualmente,  O projeto hidréletrico de  Belo Monte  faz parte da maior obra do Programa de Aceleração do Crescimento ( PAC) do governo federal. Caso queira saber mais sobre a polêmica Construção  da Usina de Belo Monte clique aqui em um dos links abaixo ou pesquise mais pela internet!

 

Veja também o Documentário - Povos do Xingu contra a construção de Belo Monte produzido pela Greenpeace.